Archive for the ‘1’ Category

Novo endereço do novo jeito de torcer

3 de julho de 2009
Novo endereço do novo jeito de torcer: http://lusitanos.wordpress.com/

Novo endereço do novo jeito de torcer: http://lusitanos.wordpress.com/

Fotografia: Lusa 1,2,3,4 x 1 Marília

30 de março de 2009

dsc0000731

Fábio – pê quê pê, é o melhor goleiro… fazia tempo que tínhamos tanta segurança no gol. Melhorou a reposição de bola. Nota 9,5 

Bruno Rodrigo – sério, determinado, com auto-confiança. Nota 9

Ediglê – sério, determinado, com auto-confiança. Nota 9

Erick – sério, determinado, com auto-confiança. Perdeu um gol feito e meteu uma no travessão que virou o 2º gol. Nota 8,5 

César Prates – marcou bem, apoiou. Quando ele não aparece é sinal que o time esta bem. Nota 7

Wilton Goiano – substituiu Cesar Prates à altura. Nota 7

Guigov – marcou bem, pena que se machucou logo de cara. Nota 7 

Preto – a estabilidade do meio campo. Nota 9

Marco Antônio – voltou a jogar bem. Nota 8

Fellype Gabriel – 2 gols, não dá pra reclamar de objetividade hoje. Ainda cruzou para o Edno sofrer o pênalti.Nota 8

Athirson – bem. Não apareceu tanto pro jogo mas foi fundamental.criou o 4º  gol Nota 8 

Edno – mais um gol em mais uma boa partida. Cruzou para o primeiro gol.Nota 7

Christian – só fez o gol…. e não ta bom?? Nota 6

Fabrício Carvalho – nem precisou jogar – Nota 6 

Paulo Bonamigo – quieto, nem fala que esta invicto. Parabéns! Nota 9 

Fabian –  só faltou você – Nota 0

Vó Guiomar – voltou o Canindé com uma goleada! Nota 10

FOTOGRAFIA: PORTUGUESA 2 x 2 MIRASSOL

26 de março de 2009

dsc000073

Amigos a noite de ontem serviu para alertar que estamos ainda despreparados para o que há por vir. Estamos vivendo outra série invicta e depois de muito tempo, estamos vivendo reais chances de disputa pelo título. Não estamos preparados para ter um Canindé cheio, as dificuldades vão da compra do ingresso e do bolinho de “vacalhau” à paciência dos torcedores que não conseguem apoiar um time que tropeça na sua vontade de vencer. Além disso, apenas duas saídas na arquibancada… que Deus continue a nos proteger de grandes tumultos no Canindé.

Foi realmente uma pena estarmos atacando contra o gol da marginal no segundo tempo. Quando o Mirassol marcou seu segundo gol, aqueles torcedores renascidos das cinzas resolveram ir embora e como as únicas saídas eram do outro lado eles ainda puderam ver o empate da Lusa. Mereciam ter perdido aquela festa. Vamos ao que interessa:

Fabio – Melhorou a reposição de bola – nota 8

Bruno Rodrigo, Alex Bruno e Erick – depois de quatro jogos sem tomar gols, por mais bisonhos que fossem os gols sofridos eles estariam absolvidos. O problema foi o momento em que os saíram. O que vale é que podemos notar mais maturidade, melhor postura. – nota 7

César Prates – caiu de produção , esteve apagado no jogo – nota 6
Guigov
– apagado, não apoiou nem precisou defender – nota 5

Preto – mais uma vez entrou muito bem, quase marca um golaço arrematando para fora depois de um chapéu – nota 8
Marco Antônio
– caiu de produção , esteve apagado no jogo – nota 6
Fellype Gabriel
– falta objetividade, falta colocar o pé em divididas – nota 5
Héverton com agá
– entrou e ajudou a organizar o meio campo – nota 7
Athirson – fez o gol, um ou outro lance, mas fez o gol! – nota 8

Edno – como perdeu gols! Sinal que tentou, que teve coragem de chutar! – nota 7
Christian
– praticamente só andou em campo –nota 4
Fabrício Carvalho
– deu um boa mãozina – nota 7

Paulo Bonamigão – armou bem o time, substituiu bem, foi expulso porque não foi omisso com o time – nota 7

Arbitragem – os caras vão com a missão de travar a Lusa , conseguem ver um monte de impedimentos malucos mas não viram a mão de OTD! Adorei!– nota 4
FIFA
– Depois dos dois gols de mão que levamos do Flamengo no ano passado e do gol do F. Carvalho, a regra do futebol irá permitir o uso das mãos para marcar gols no Canindé!

Caldo verde – o pobre Luiz Oliveira precisou de 20 minutos para ser atendido com dois bolinhos oleosos de bacalhau – nota 4

Luizinho – sua filha já deve ter nascido e ele não nos avisou – nota 2

 

Atenção diretoria!

Não nos querem nas finais. Estamos sendo operados veladamente com anotações de pequenas faltas (contra e a favor) e impedimentos de modo a quebrar o ritmo de jogo da nossa equipe. É assim que se elimina uma equipe sem precisar de um árbitro argentino! Não é possível termos tantos impedimentos! Já deveríamos ter nos manifestado após o jogo com o Ituano!

 Contra o Marília, a meta deverá ser distribuir cartões para nos desfalcar no jogo contra o Santos.

Movimentem-se!

Um abraço aos que vão no jogo de domingo!

FOTOGRAFIA: ITUANO 0x2 PORTUGUESA

23 de março de 2009

Estamos no G4!!!!!

g4

Fábio – Quatro jogos sem levar gol, fez um milagre no num momento crucial. Só não leva dez porque ainda mostra dificuldades com a reposição de bola. – nota 9,0

Bruno Rodrigo – Fez o gol e deu estabilidade à zaga. – nota 8,0

Ediglê – Não comprometeu exceto pela expulsão – nota 6,5

Erick – Nooosa! Quando eu xingo, não é de coração! Nada pessoal! – nota 4,0

 

César Prates – Não apareceu no jogo além dos seus erros de passe, o que é raro – nota 5,0

Guigov – Pouca coisa melhor que o César Prates – nota 6,0

Marco Antonio – Marcação eficiente, jogador operário – nota 7,0

Fellype Gabriel – Variações do mesmo tema: precisa ter objetividade nas jogas e perde gol feito! – nota 6,0

Preto – Entrou na hora certa e fez o que tinha que fazer, fechou o meio de campo.Quase perfeito! – nota 8,0

Athirson – Apagado em alguns momentos, bem em outros. – nota 7,0

 

Edno – Perdeu um gol feito, marcou um golaço e só! – nota 7,0

Fernando – Não teve tempo de aparecer no jogo.

Christian – Não quis aparecer no jogo. Vai entender… – nota 5,0

Héverton com agá – Ajudou o Preto na reorganização do meio campo e armou o contra-ataque do golaço do Edno. – nota 8,0

 

Paulo Bonamigo – Armou bem o time, substituiu bem. – nota 8,0

 

Bandeirinhas – Má fé ou deficiência técnica? – nota 2

 

Restaurante do Alemão  Que filé é aquele? – nota 10

dsc00233

Lojas de antiguidades  Por que não pode fotografar? – nota 5,0

 

Babi  me deu uma bronca porque subi no alambrado, mas comemorou seu aniversário em Itú – Nota 11

Fotografia: Icasa 1 x 1 Lusa

5 de março de 2009

dsc000071

Amigos, sou um homem sem palavra!

 

Disse aqui que não iria ao jogo contra o Icasa e me arrependo por não ter cumprido com minha palavra. Um jogo que não merece nenhuma análise por conta do extra-campo como má vontade de jogadores, técnico, diretoria e torcida. Vou usar este espaço para relatar duas cenas que vi ontem a noite.

 

CENA 1 –  A equipe do Icasa se aquecia atrás do gol, nossa torcida chegando e colocando aquela velha pressão. Reparei que um patrocinador do Icasa era a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte e comentei que entendo isso como mau uso do dinheiro público. Fui interrompido por um torcedor que por uma deficiência física só pode andar de joelhos:

 

Juazeiro é minha cidade, tenho orgulho de ver seu nome aqui.

Sou Lusa até a morte mas tenho orgulho da terra do padre Cícero

 

Prosseguiu mostrando sua camisa autografada pelo Fellype Gabriel e Athirson.

 

Vou ganhar uma camisa preta hoje

O Athirson disse pra eu ir no vestiário no fim do jogo

 

 

CENA 2 –  A torcida protesta pelo resultado e pela situação. Mesmo com uma parede entre a torcida e o vestiário a PM é enviada para afastar o torcedores.

Nosso amigo de Juazeiro do Norte, que só queria ganhar uma camisa preta,  é pisoteado por torcedores e agredido por dois policiais.

 

Esta tudo bem, foi só um acidente

 

Disse ele querendo sorrir. Decidi ir pra casa e entender que futebol é muito menos do que parece ser.

 

Oremos!

 

Ah! Mário Sérgio esta fora!

Um abraço ao aniversariante de hoje, Luizinho!

Fotografia: Barurei 2 x 1 Lusa

2 de março de 2009

 

 

 

dsc00007 

se é o medo que te move
!não se mexa : fique onde está!
(…)

eu tenho medo do medo que as pessoas têm
o sol nasce pra todos todo dia de manhã
o mal nasce do medo da escuridão

 

Amigos, a síndrome do espelho voltou a assombrar nossa Portuguesa. Depois de grandes jogos contra times grandes, sábado atuamos como se fossemos pequenos frente ao Barueri. Nosso esforço em estar presente no antigo “campo do Belval”, hoje Arena Barueri foi recompensado com um apatia tão irritante quanto o esquema 3x6x1.

 

Vamos ao que interessa:


Fábio – Nota 7 –  Não foi culpado nos gols, melhorou a reposição de bola, implorava para o time buscar o ataque.

 

Bruno Rodrigo – Nota 6 – Desafiou o esquema tático buscando o ataque e esta sendo poupado aqui pela sua postura

 Alex Bruno – Nota 6 – Idem ao xará Rodrigo além de marcar o gol

 Ediglê – Nota 4 – fraco

 

Wilton Goiano – nota 5 – escondido no jogo, só fez uma boa jogada de ataque

Erick – Nota 4 – Não ganhou uma!

Preto – Nota 6 – O bom e velho Preto atuando no péssimo e novo esquema não surtiu efeito

Fellype Gabriel – Nota 5 – Entrou em campo para se esconder

Marco Antônio – Nota 3 – Nosso melhor jogador nos últimos jogos foi o pior frente ao Barueri, errou demais nas cruzou a bola que gerou o gol.

Athirson – Nota 5 – Perdeu a vontade de jogar, espero que momentaneamente

César Prates – Nota 5 – Sofreu a falta que resultou no gol, até tentou procurar jogo, tentou e não conseguiu.

Héverton com agá – Nota 4 –  Se acampanhasse o ataque, se acreditasse na portuguesa, correria sério risco de empatar a partida. Vimos isso em dois lances claríssimos.

 

Edno – Nota 6 – Isolado, tentava buscar jogo e acabava encolhendo mais ainda o time. Criou muito, dentro do que o esquema lhe permitia

Christian – Nota 6 – não consegui salvar a equipe, entrou no mesmo marasmo mas incomodou a defesa adversária

 

Mário Sérgio Pontes da Paiva – Nota 2 – Eu tenho medo do medo que nosso técnico tem.

 

Leões da Fabulosa – Nota 5 – compareceu, apoiou no 1º tempo e desistiu no 2º

Osasco – Nota 2 – Osasco é pertinho, mas éramos apenas 3.

Marcelo –  Nota 0 –  Confundi César Prates com Marco Antônio!!!
Domenique – Nota 10 – Leu o texto, percebeu a confusão e avisou!

 

Acabou a série invicta, foi-se o G4!

 

Decidi não ir quarta-feira ver o jogo contra o Icasa. Esta ficando caro ir a todos os jogos e não vejo custo- benefício. Pagar para passar raiva é como uma piada, sem graça, de Português.

 

Repito a frese do meu pai:

Torcer pela Portuguesa é como um fado: bonito mas triste!

Visão destorcida: Icasa 1 x1 Portuguesa

19 de fevereiro de 2009

 

muito prazer, meu nome é otário
na ponta dos cascos e fora do páreo
puro-sangue puxando carroça

 

Amigos rubro-verdes ontem vivi momentos de alegria na colação de grau da minha esposa que agora, mais do que já era antes, é uma administradora.

 

Por conta disso, fui poupado do que deve ter sido um sofrimento muito grande, torcer para que nossa Portuguesa empatasse com uma equipe que tem nome de marca de vaso sanitário.

 

Nosso mário Sérgio Pontes de Paiva gostou dessa coisa de invencibilidade, e posso dar meu braço a torcer no que se refere à um torneio mata-mata como a copa do Brasil. Ok, fizemos o mínimo, tiramos a nota média, somos mediocres invictos. Mas num campeonato de pontos corridos, precisamos de vitórias. Mais do que nunca, começo a questionar minha opinião de que o cara não é burro mas sim retranqueiro. Acho que ele mesmo me dará a resposta no sábado.

 

Espero que nossa torcida tenha na arquibancada a mesma postura de respeito e coragem que ela mesmo espera dos jogadores e comissão técnica. Se jogarmos como time grande venceremos o Palmeiras, caso contrário, será um fiasco.

 

Estádio 97 –  Resposta do Portuga (Gilberto Rodriguez):

Marcelo..eu cometi um erro de expressão prá causar um gancho prá uma brincadeira que no meu programa é essencial..Velho…
quanto a se empolgar…não sou alienado..O time não é de arrancar suspiros…Mas vejo que temos condições de fazer um bom paulista e subir da serie B…
Velho obrigado pelas criticas e conselhos…Desculpe minha falha e posso garantir que serei mais atento

 

Um abraço aos que sofreram no pé do rádio ontem.

 

Marcelo Monteiro
“por amor às causas quase-perdidas”

VISÃO: Botafogo 0 x 1 Lusa

16 de fevereiro de 2009

Amigos, hoje a análise é curta pois a visão do jogo de ontem foi destorcida pelo canal PFC8.Assistindo pela TV não podemos criticar  eventuais decisões do nosso técnico nem de seus comandados pois não temos a visão do todo.

 

A primeira boa impressão é que estamos bem de goleiros, Fábio não comprometeu e começa a dar mais segurança a defesa. Defesa que necessita de um zagueiro que saiba atuar pela direita. Mário Sérgio percebeu isso e colocou nesta posição o melhor dentre os zagueiros disponíveis, Bruno Rodrigo.

 

Enquanto isso, eu começo a entender nosso treinador que faz mudanças óbvias através de trocas estranhas. A necessidade de posicionar o Athirson no meio era visível e até óbvia para quem acompanha nosso time mas sacar o Cristhian para colocar o W. Goiando e levar o Cesar Prates à esquerda pode parecer loucura. Ele venceu o jogo com esta estratégia mas caso desse errado… é como bater pênalti com paradinha, se o goleiro pega o atacante esta na roça!

 

Acima de tudo, o fato é que vencemos e peço aos amigos da Negritude Lusitana que me ajudem a lembrar quando foi a última vez que estivemos em 4º lugar numa série A do campeonato Paulista.  Vamos comemorar!!

 

Já dizia o pai do Fabian: “…se somos minoria, somos escolhidos, não é sempre que se vê uma Ferrari na rua”

 

Um abraço aos que adoram estar no G4!!!

 

Marcelo Monteiro

“Amo muito a Portuguesa”

VISÃO: Lusa 3 x 2 Paulista

12 de fevereiro de 2009

Amigos

O que segue são minhas impressões, pessoais e intransferíveis da nossa vitória sobre o Paulista. Foi muito fo…complicado chegar a tempo para o jogo, mas chegamos e vimos a Lusa vencer sem convencer.

O seguinte é esse:

Vitor – Felizmente ele foi pouco testado, assim como contra o Corinthians. Nas poucas bolas ele foi bem, Não comprometeu. Nota 8
Os que chamaram o Vítor de frangueiro
– torcemos com o coração mas temos que criticar com a razão. A zaga falha e depois marcam, erroneamente, um pênalti; o goleiro é culpado? O protesto deveria ter sido direcionado ao árbitro. – nota ZERO

Wilton Goiano – O Marco Antõnio deve metade do gol a ele. Foi muito bem no primeiro tempo, quando começou a errar no segundo tempo foi sacado e por isso manteve uma nota boa – Nota 7
César Prates – creio que o Mário Sergio esperava mais dele na lateral esquerda. Não comprometeu, nas bom futebol mesmo ele apresentou no segundo tempo ao voltar para a direita. Sua postura em campo é modelo para o resto do time. Nota 7
Guigov – Não comprometeu, não apoiou – nota 5

Bruno Rodrigo – Falha boba e grave no gol do Paulista, onde esta o futebol, que sabemos que ele tem? – Nota 3
Alex Bruno
– Não dá segurança ao xará Bruno Rodrigo pelo fato de não guardar posição. Foi expulso de bobeira – Nota 4

Erick – Nada diferente do que já conhecemos – Nota 5
Ygor
– Um degrau acima do Erick – Nota 6
Preto
– tem que ser titular na posição de volante, esse jogo provou isso – Nota 8

Marco Antônio – O baixo rendimento dos volantes prejudica seu desempenho. Fez um golaço no 1º tempo e cresceu no 2º com a entrada do Preto. – Nota 7
Heverton “com Agá” – Foi bem, jogou pro time e não apareceu muito – Nota 6
El, el, el, Fellype Gabriel
– Muita firula e pouca objetividade, já esta virando rotina – Nota 5

Edno – Um golaço de cabeça, um pênalti bem batido, muito empenho e só. – Nota 7
Os que xingaram o Edno
– porque não apoiar o cara quando ele melhora o rendimento? Não entendo – Nota zero

Christian – Sofreu o pênalti e sua sombra tirou um pouco da atenção da zaga adversária sobre o Edno. – Nota 5

Mário Sérgio Pontes de Paiva– Retranqueiro sim. Burro não! Manteve o velho “não se meche em time que esta ganhando e levou o empate rapidamente. Desempatou e fechou o time, fez o jogo ficar horrível mas nos garantiu os 3 pontos. – Nota 7

Torcida – Xingar de burro um técnico que vence a partida e mandar para ponte que partiu um cara que fez dois gols parece piada de português. Além disso, cantou-se os 90 minutos, o que é bom se excluirmos os cantos que ofendem e provocam torcidas que não estavam presentes no estádio, outra piada! Nota 4

Árbitro – lamentável, nota ZERO

Já diz meu pai com sabedoria: “torcer pela Portuguesa é como um bom fado: é triste mas é bonito!”

Um abraço aos que saíram roucos do Canindé!

Marcelo Monteiro
“Não sou paulista, sou osasquense”